Entre em contato conosco

6 dicas fantásticas para gerenciar a sua obra!

  • 6 dicas fantásticas para gerenciar a sua obra!

6 dicas fantásticas para gerenciar a sua obra!

27 junho, 2016
Por : Instituto IDD
Comentários : 1
Saiba quais processos podem otimizar e alcançar a máxima eficiência na execução do seu empreendimento.
 
Você quer mais conhecimento sobre boas práticas e metodologias para o gerenciamento de obras? Busca um aprendizado além do que as universidades oferecem sobre o tema? Então esse texto é para você!
 
Dentre tantos processos de gerenciamento de obras, existem alguns que todo gestor deve se preocupar para alcançar a máxima eficiência na execução do empreendimento. Confira!
 
1. Layout do canteiro de obras
Pense na utilização do espaço e diminuição de percursos da melhor maneira possível. O cumprimento das Normas também garante condições de segurança e evitam multas.
 
Quando o layout é planejado com locais bem dimensionados para estoque de materiais, acomodar os colaboradores e promover a logística de movimentação de insumos, traz maior produtividade às tarefas do empreendimento, além de otimizar o tempo e organização da obra. 
 
2. Controle de materiais
O processo de controle – estoques e saídas - da solicitação até a chegada do material na obra, reduzem o desperdício de insumos e contribuem para o bom andamento da mesma. O planejamento eficiente evita a falta de materiais e o atraso geral do projeto, por exemplo.
 
A elaboração de uma boa planilha de controle de estoque ou a utilização de um software integrado de gestão são fatores que fazem toda a diferença.

 
3. Planejamento físico-financeiro da obra
O software MS Project é um bom companheiro para traçar cronogramas, planos de ataque e visualizar recursos necessários para a conclusão da tarefa.
 
O cronograma físico também deve ser discutido e atualizado constantemente, buscando total controle da gestão de tempo. Outro ponto importante no gerenciamento de obras é fazer com que todos os envolvidos na execução das tarefas saibam das metas estabelecidas e sua importância.
 
4. Controle de qualidade
A famosa FVS – Ficha de Acompanhamento de Serviço, é o método mais utilizado entre as construtoras. Mas, se todos aqueles papeis preenchidos estiverem indo direto para o arquivo morto para aguardar a Auditoria, não farão parte de uma processo eficiente. Analise-os em busca da identificação de falhas e de uma melhoria contínua. 
 
Reuniões de lições aprendidas, com o feedback da equipe sobre os métodos de acompanhamento utilizados, juntamente com a análise crítica do empreendimento, também podem se tornar grandes aliadas no gerenciamento de obras.
 
 
5. Análise dos riscos
Crie um banco de dados com a análise dos riscos e tomada de decisões para ser utilizado posteriormente em um novo projeto. E sempre envolva todos os stakeholders, repassando os possíveis riscos observados durante o planejamento.
 
6. Acompanhamento e controle de atividades
Utilize aplicativos ou softwares que te ajudem a tomar decisões sobre novas ações quando algo fugir do planejado.
 
Tenha a obra “na cabeça”. Direcione o seu pessoal de maneira eficaz. Estabeleça métodos para avaliação da produtividade e analise a qualidade dos serviços executados. Isso ajudará a eliminar prejuízos financeiros, atrasos, e a melhorar o gerenciamento de obras.
 
Estratégia, planejamento e gestão se tornaram os pontos fundamentais que inovam e otimizam o gerenciamento de qualquer projeto. Buscando otimizar as áreas da engenharia civil e da arquitetura, o IDD também oferece o MBA em Gestão e Engenharia de Custos e a Pós em Gerenciamento e Execução de Obras, proporcionando uma visão abrangente da gestão estratégica, que permita tratar a grande demanda de informações em projetos cada vez mais complexos. Entre em contato e venha fazer parte dessa experiência!

 

Achou relevante essa informaçãoCompartilhe com seus amigos e deixe a sua opinião nos comentários!

Nos acompanhe também pelas redesFacebookLinkedinInstagram e Twitter.

 
Imagens: engenharia
EXPANDA SEU CONHECIMENTO
RECOMENDADO PARA VOCÊ
Deixe seu comentário
  1. ROQUE ANTONIO GERALDO 29 de junho, 2016 - 12h57

    PRIMEIRO PARABENIZA-LO PELO TRABALHO DE GESTÃO AS FERRAMENTAS DE VIABILIDADE SÃO PERFEITAS POR HOJE ESTAR C/58 ANOS ESTIVE PRESENTE FEEDBACK E GESTÃO RISCO E PLANEJAMENTO QUANDO VEJO OS JOVENS ATUANDO NESTA AREA
    PRA MIM MOTIVO DE GRANDE FELICIDADE-INDICO N.P.P.N. HOLANDES NÃO PODE PARAR NUNCA- ABRAÇOS ROQUE/ROCCHIA-

    Deixe sua resposta
IDD NEWS
29 de março de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

5 motivos para se usar o Pavimento Rígido, principalmente em corredores de ônibus!

Eles têm a ver com durabilidade, desempenho e manutenção, bons motivos para você entender por que o pavimento rígido de concreto é uma alternativa adequada para(...)

24 de março de 2017
Eventos e Oportunidades
Por: Instituto IDD

As melhores vantagens de se usar o novo aplicativo Tendon

Seus problemas com cálculos de estruturas protendidas acabaram! Conheça o aplicativo Tendon! No dia 08 de março a Engenharia Civil recebeu outra grande criação (...)

22 de março de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Manual básico: Aprenda a usar gabiões

Eles são uma das soluções mais antigas para contenção do solo e dão uma aula quando o assunto é eficiência. Pode ser uma técnica anti(...)

20 de março de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Por que ter uma certificação Black Belt?

Entenda o que uma certificação desta pode fazer por você no mundo empresarial! Ao procurar por uma especialização ou pós-graduação, o dif&ia(...)

15 de março de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

12 passos mágicos para planejar um projeto super eficiente!

Entenda o passo a passo de fazer um planejamento de qualidade para o crescimento da sua empresa. Você se planeja? A maioria dos profissionais sim, mas quando se fala em controlar o planejam(...)

13 de março de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Projeto Crescer: novos investimentos e empregos em 2017

Conheça mais das oportunidades do Projeto do Programa de Parceria de Investimentos (PPI), que vem remodelar o modelo de concessões e mexer com a economia brasileira. No fim do ano p(...)