Entre em contato conosco

8 dicas para erradicar os acidentes no seu canteiro de obras

  • 8 dicas para erradicar os acidentes no seu canteiro de obras

8 dicas para erradicar os acidentes no seu canteiro de obras

15 agosto, 2016
Por : Instituto IDD
Comentários : 0

Aprenda como o gerenciamento pode te ajudar a diminuir os riscos cotidianos vividos dentro das construções.


Segurança em primeiro lugar! E em se tratando da construção civil, ela é a ordem que faz a obra funcionar. Qualquer descuido que arrisque o bem-estar dos trabalhadores pode afetar também toda a obra. Mas índices de acidentes podem ser muito reduzidos através de um gerenciamento eficiente. Confira algumas dicas que irão te ajudar na gestão de riscos da sua obra.

1) Equipamentos de Proteção Individual

É de conhecimento público que os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) são fundamentais para garantir a segurança dos trabalhadores. A empresa responsável deve exigir e fiscalizar a utilização dos equipamentos pelos profissionais, disponibilizando treinamentos para a utilização correta desses equipamentos.

Além disso, cada tipo de obra requer um conjunto especifico de EPIs, que são indicados conforme os riscos envolvidos no projeto. A empresa responsável também deve submeter os EPIs à aprovação do Ministério do Trabalho.

2) Manutenção Periódica de EPIs

Nenhum conjunto de EPIs será eficiente se não for mantido em bom estado. É preciso fazer vistorias periódicas, consertando ou substituindo EPIs desgastados para que estes não sejam os responsáveis pelos acidentes.

3) Sinalização

A sinalização adequada do local da obra - placas, adesivos e outros sinalizadores - evitam acidentes tanto dos trabalhadores quanto de pessoas que possam transitar pela área próxima.

Utilize indicadores de fácil entendimento, que possam ser visualizados ao longe e coloridos de preferência, tendo atenção redobrada para áreas de perigo de queda ou possível contato com produtos químicos. 

4) Limpeza e Organização

Mantenha a obra organizada e limpa. Não permita o acúmulo de fragmentos de materiais de construção, papéis, sacos plásticos e outros objetos que atrapalhem o andamento das atividades. Tenha profissionais para realizar a limpeza do local diariamente, mantendo o chão seco e livre de restos de materiais como tintas ou óleos, evitando que funcionários ou outras pessoas caiam.

5) Instalações Elétricas

As instalações elétricas só devem ser acessadas por um profissional devidamente qualificado. Além disso, toda a fiação da obra deve estar em perfeitas condições, para evitar curtos, explosões e outros acidentes. Quadro de força, tomada, fios e interruptores devem ter proteção contra chuva, raios solares e ventania, para garantir ainda mais a segurança do pessoal.

Em caso de chuva muito forte, com trovoadas e raios, é recomendado interromper os trabalhos.

6) Direção do Vento

Recomenda-se que os recortes em paredes ou revestimentos da obra sejam feitos com o vento a favor do operário, diminuindo a possibilidade de algum estilhaço ou resíduo atingir o trabalhador. Além de realizar o processo em locais úmidos, para evitar a formação de poeira.

7) Equipe Devidamente Capacitada

Não adianta atender a todas as normas de segurança se a obra não contar com uma equipe responsável, que entenda a responsabilidade de seguir instruções.

Na hora de contratar uma empresa terceirizada, dê preferência àquelas cujas equipes passaram por treinamentos e já tenham realizado outras obras com sucesso. Ao contratar profissionais de forma individual, verifique se eles têm consciência de aderir às normas de segurança e peça referências.

8) Tecnologia

A tecnologia também oferece potencial para otimizar os procedimentos de segurança no local da construção. Alguns softwares permitem fazer um controle fiscalizando se normas de segurança estão sendo seguidas, por exemplo.

Dados e informações também permitem que o gestor planeje ações para incentivar práticas de segurança no local da obra. Além disso, ótimas soluções sempre se apresentam por meio do planejamento e apresentação das reuniões de segurança DDS; pelo controle de EPI (entregas, trocas, manutenções, devoluções); o levantamento das necessidades e controle de treinamentos dos colaboradores; e pelo controle e organização de documentos trabalhistas e técnicos relativos à segurança.

Dicas sempre ajudam, mas gerenciamento de segurança é coisa séria, e quanto maior o conhecimento na área, mais seguro, adequado e produtivo será o local de trabalho, assim como o produto final do projeto. Se aprofunde na área com o curso de Extensão do IDD em Gerenciamento de Riscos voltado para a Construção Civil!

Achou relevante essa informação? Compartilhe com seus amigos e deixe a sua opinião nos comentários!

Nos acompanhe também pelas redes, Facebook, Linkedin e Instagram. 


Fonte: mobussconstrucao

Imagem: sindicatodaindustria

EXPANDA SEU CONHECIMENTO
RECOMENDADO PARA VOCÊ
Deixe seu comentário
  1. Seja o primeiro a comentar.
IDD NEWS
22 de maio de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Como dominar o Radier em passos básicos

Com uma simples execução e de baixo custo, o sistema vem ganhando espaço na fundação de casas e pequenos edifícios.O conteúdo de hoje é do site (...)

18 de maio de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Vigas protendidas, mais um case de sucesso!

Conheça o caso em que vigas de concreto protendido possibilitaram vãos de até 20,5 m em edifício de SP.Em meados de 2014, foram finalizadas as obras do edifício come(...)

15 de maio de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Será que o PlasticRoad vai dominar o mundo um dia?

Utilizar plástico reciclado para a construção de estradas pode vir a ser uma ótima ideia sobre pavimentação.Buscando uma alternativa à construç&(...)

12 de maio de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Acessibilidade: uma vitória para o Estado do Paraná!

“Calçadas são bens públicos e portanto, devem ser construídas e conservadas pelos órgãos públicos”.Hoje a sexta-feira acordou com uma grand(...)

11 de maio de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Tudo o que você pode aprender sobre vida útil dos edifícios, em 9 perguntas

“Estamos falando de economia de recursos: quanto mais tempo o material durar, menor será a necessidade de substituição, e mais sustentável será a constru&ccedi(...)

08 de maio de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

A história não contada sobre o Concreto com Módulo de Elasticidade Definido

Veja tudo que nunca te contaram sobre o material que vence grandes vãos, faz estruturas esbeltas e agiliza a desfôrma.MaterialO concreto com módulo de elasticidade definido, ou con(...)