Entre em contato conosco

Como escolher uma especialização em engenharia e arquitetura?

  • Como escolher uma especialização em engenharia e arquitetura?

Como escolher uma especialização em engenharia e arquitetura?

10 outubro, 2016
Por : Instituto IDD
Comentários : 0

Hoje nós te damos dicas para você chegar ao fim dessa matéria sabendo exatamente o que quer!

 

Terminar a graduação e pensar no que fazer em seguida nem sempre é algo fácil. Mas na grande maioria das vezes a escolha é iniciar uma especialização. E aí uma das dúvidas que mais surgem em nossas cabeças é: como escolher uma especialização?

Nós nunca pensamos muito sobre isso, mas essa escolha requer a análise de alguns pontos importantes que podem mesmo interferir no resultado da experiência. São esses pontos que apresentamos agora e que irão te ajudar a fazer a escolha certa. Fique de olho!

 

Primeiro: Antes de qualquer coisa, esclareça seus objetivos profissionais

Seu sonho é ser professor? Quer ser aprovado em um concurso público? Gosta mais da área de pesquisa e tecnologia? Quer trabalhar em indústria ou escritório? Quer seguir na área de construção, ou de urbanismo? Sem saber o que quer, não há como optar por um curso ou outro. Cada curso de pós-graduação por exemplo, tem um foco e um objetivo específicos que podem atender ou não aos seus objetivos profissionais.

E se eu quiser fazer uma especialização em uma área diferente da minha graduação? A principal questão aqui é porquê você quer escolher uma especialização em uma área diferente. Se o curso for contribuir com um diferencial para as atribuições da sua área ou um ganho de competências para o caminho que você quer seguir, vá em frente! 

Se tratando de uma pós-graduação, o ideal é justamente aquela que complementa a visão geral da profissão e especifica os conhecimentos técnicos do profissional para uma área determinada. Fazer um curso sobre gestão por exemplo, é uma ótima pedida para quem comanda equipes e o desenvolvimento de projetos em uma construtora. No caso de um mestrado ou doutorado, a escolha por algo diferente já requer mais cuidado, pois o foco aqui é prestar concurso público, geralmente para cargos de docente ou pesquisador.

 

Segundo: Escolhendo uma pós-graduação lato sensu

Cursos de Extensão, Pós-Graduação, MBAs (Master in Business Administration) e Masters têm como objetivo o aperfeiçoamento da competência teórico-prática, sendo voltados para o mercado de trabalho. Aqui, vale lembrar que a escolha entre as opções de uma pós-graduação lato sensu, depende novamente dos seus objetivos profissionais.

Hoje, o mercado também cobra uma qualificação profissional sempre em crescimento. E em processos seletivos de grandes empresas, dificilmente surgem candidatos sem uma continuidade dos estudos depois da graduação. Esse contexto apresenta os títulos de especialização como uma soma de ingredientes à receita. Contudo, mais do que um atributo para estar à frente, uma pós-graduação traz possibilidades referentes àquilo que você faz com ela. Cursar algo voltado para a tecnologia do concreto pode fazer com que você crie um produto inovador que fará um sucesso estrondoso no mercado. Depende de você e novamente, dos seus objetivos.

 

Terceiro: Escolhendo uma pós-graduação stricto sensu

Aqui nós temos duas opções. Os cursos de mestrado e doutorado acadêmicos são mais voltados para quem quer seguir a de carreira docência/pesquisa, com foco na fundamentação teórica da área. O mestrado profissional já não é tão restrito ao ambiente acadêmico. Seu objetivo é apresentar teorias, ferramentas e métodos científicos para a sua aplicação no ambiente do trabalho, abrindo portas para que essa formação também possa ser usada com um enfoque mais prático.

Comparado com o mestrado acadêmico, o mestrado profissional dá maior enfoque a cases reais, trabalhando com argumentos empíricos para discutir e solucionar esses casos. O mestrado profissional é muito procurado por profissionais que vão assumir ou já têm uma posição no mercado de trabalho, sendo mais recomendado para aqueles que já têm uma carreira iniciada, geralmente de três a cinco anos. A questão aqui é que o profissional já visualizou problemas durante sua atuação e agora pode utilizar a experiência para solucioná-los.

 

Quarto: Escolhendo a instituição de ensino

Antes de se matricular, busque conhecer a sua instituição de ensino. Ela tem o curso que você realmente deseja? Como é a infraestrutura? Quais os pontos fortes? O que ela e o curso que ela oferece mais agregarão para você? Leve em consideração algumas dicas:

1. Converse com profissionais que já cursaram uma especialização na instituição e tenha mais detalhes sobre essa experiência;

2. Considere suas limitações financeiras e as oportunidades que a instituição lhe oferece;

3. Prefira escolher um curso de pós-graduação, ou outra especialização, em uma instituição diferente da sua graduação. Você terá contato com ideias, opiniões e pontos de vista diferentes, além de um amadurecimento profissional ao ter acesso a novos procedimentos, protocolos e métodos. A experiência produzirá uma troca bastante rica entre a instituição e você;

4. Procure saber a percepção do mercado sobre a instituição. Para os cursos de pós-graduação lato sensu (especializações e MBAs) é possível até mesmo consultar no site do MEC, a avaliação das instituições cadastradas, e como elas estão habilitadas.

Dicas ainda mais práticas, seguem a avaliação de um conjunto de três fatores determinantes para a qualidade da sua especialização: professores, disciplinas e coordenadores.

1. Conheça o coordenador do curso. Um coordenador que trabalha ou já tenha experiência prática/acadêmica com o assunto é um primeiro indício de um bom curso. Ele sabe exatamente o que está fazendo e por isso saberá guiar seu alunos objetivamente. Fuja de casos em que os profissionais estão ali apenas porque o "tema vende!". 

2. Saiba quem são os professores. Outro indício bem sólido de um bom curso são as experiências profissionais e acadêmicas dos professores que efetivamente trabalham ou trabalharam em projetos na área.

3. Estude a grade do curso. É ela que vai dizer se ele realmente irá atender às suas necessidades e o que agregará às suas competências.

Fazendo a sua escolha, o mais importante é aproveitar e ir fundo nessa experiência que se for bem planejada, tem tudo para alavancar definitivamente o seu trabalho e a sua carreira.

Achou relevante essa informaçãoCompartilhe com seus amigos e deixe a sua opinião nos comentários!

Nos acompanhe também pelas redesFacebookLinkedinInstagram e Twitter.

 

Fontes: posgraduando | brandster

EXPANDA SEU CONHECIMENTO
RECOMENDADO PARA VOCÊ
Deixe seu comentário
  1. Seja o primeiro a comentar.
IDD NEWS
19 de abril de 2017
Eventos e Oportunidades
Por: Instituto IDD

5 motivos para nunca parar de estudar sobre construção

Um estudo constante é o que vai te diferenciar frente a todo o mercado da construção. Saiba o por quê. Primeiro: é de conhecimento geral que a quantidade de normas técnicas brasileiras (NBR) da(...)

13 de abril de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Tudo sobre industrialização e pré-fabricação na construção civil - Parte III (Final)

Vem saber tudo sobre o assunto com a terceira parte do conteúdo do Professor e Engenheiro Marcus Sterzi, para o IDD News.Ao longo dos próximos meses estarei apresentando assuntos relacio(...)

12 de abril de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Sistema de protensão: Todos os fatos que você precisa saber

Conheça os princípios básicos do sistema de protensão e domine o campo das estruturas protendidas! “Esforços compressivos induzidos pelas cordoalhas de a&(...)

06 de abril de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Por que amamos as vantagens do concreto permeável (e você também deveria)

Ganhando uma abrangência maior, o material também ganhou novas possibilidades de atuação. O concreto permeável já não é um produto novo do m(...)

05 de abril de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Como explicar Retração do Concreto para sua mãe!

Sua visão sobre retração plástica nunca mais será a mesma depois dessa explicação.Para quem trabalha na área de patologia, ou ainda quer atuar, (...)

30 de março de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

5 motivos para planejar obras com o BIM

Se você ainda tem algum pré-conceito contra a nova tecnologia, é melhor dar uma olhada nisso.Um planejamento de obra tem como seu principal elemento o orçamento ligado ao pr(...)