Entre em contato conosco

Transposição do rio São Francisco: polêmica e gestão

  • Transposição do rio São Francisco: polêmica e gestão

Transposição do rio São Francisco: polêmica e gestão

31 agosto, 2016
Por : Instituto IDD
Comentários : 0

Qual é o seu lado nessa batalha de opiniões?

O chamado Projeto de Integração do Rio São Francisco - PIRSF - é o projeto que irá transpor 1,4% de água da vazão média do rio São Francisco aos "rios temporários" - secos por até 9 meses no ano. Uma obra de aproximadamente 477km (quilômetros) de canais que passarão por quatro Estados nordestinos em dois grandes eixos, Norte e Leste, abastecendo Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Paraíba e Pernambuco. A previsão no início do projeto foi de um gasto de bilhões de reais, dois anos de trabalho e segurança hídrica para 12 milhões de pessoas.

Discutida pela primeira vez em 1847, a ideia de transposição do terceiro maior rio do país surgiu já no governo de dom Pedro Segundo, contudo, ainda não se chegou a uma conclusão sobre a sua eficiência. A disponibilidade de água por habitante de menos da metade do mínimo necessário para a vida humana, a ameaça de colapsos hídricos em cidades de médio e grande porte como Fortaleza, a ideia de mau uso da água atualmente e os muitos erros no projeto proposto são algumas das ideias que se contradizem em meio aos defensores e críticos da obra. Segundo o site da Super Interessante, os principais pontos de discordância sobre a gestão da transposição, se referem a:

Energia - 95% da energia do Nordeste é gerada pelas hidrelétricas localizadas no São Francisco. Qualquer retirada de água causa queda nessa produção.

Meio ambiente - O rio sofre degradação ambiental há 500 anos e a água está poluída em diversos trechos.

Água existente - A maioria dos açudes da região é pouco utilizada porque a população busca "economizar" para os períodos de seca, e a água parada faz com que a evaporação seja maior. Outros, que abastecem cidades de médio porte, trabalham acima do limite que garante a oferta constante de água.

Uso da água - Cerca de 80% das águas da região vão para a agricultura - e não para o consumo humano, como diz a lei.

Água nas cidades - O projeto vai viabilizar o fornecimento constante de água bruta (sem tratamento). Os estados serão responsáveis pelo tratamento e distribuição.

Custos - A ação de transposição e de manter a estrutura funcionando têm custos altos, encarecendo a água para o consumidor.

Cada lado - defensores e críticos - têm as suas ideias sobre os fatos, ideias contrárias mas que são verdadeiras e até mesmo, podem se complementar. Obras de grande porte e de maior impacto social sempre terão suas contradições e diversas opiniões, mas como gerir algo assim? Difícil de responder não é? Tudo depende do contexto, do ambiente e da época em que vivemos. É buscando preparar nossos profissionais para a tomada de decisões nem sempre fáceis, que o IDD oferece cursos também na área de gestão, como a Pós em Gerenciamento e Execução de Obras e o MBA em Gestão e Engenharia de Custos.

E você, qual é a sua opinião sobre os pontos levantados pela Super no caso da transposição do rio São Francisco? Compartilhe com a gente nos comentários.

No vídeo da Embrapa, você confere mais de perto o contexto e a construção da obra de transposição do Velho Chico

Achou relevante essa informaçãoCompartilhe com seus amigos e deixe a sua opinião nos comentários!

Nos acompanhe também pelas redesFacebook, Linkedin e Instagram. 


Fontes: super.abril | blogdaengenharia

Imagens: blogdaengenharia - Ministério da Integração

egopoliticus.blogspot | radioprincesadovale | lolesporte

EXPANDA SEU CONHECIMENTO
RECOMENDADO PARA VOCÊ
  • 14 de dezembro de 2016
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    A Ponte Rio-Niterói

    Acompanhe o processo construtivo da maior ponte do Brasil! A ponte que passa pela Baía de Guanabara no Rio de Janeiro, é a maior ponte já construída no Brasil! Com um (...)

  • 23 de novembro de 2016
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    O Manual do Proprietário tem utilidade?

    Tem sim, e muita! Saiba por que produzir e orientar que seus clientes tirem o Manual do Proprietário da estante empoeirada! O Manual do Proprietário pode ser considerado um ó(...)

  • 27 de setembro de 2016
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    Cenário: O Pavilhão Dançante

    Arquitetura Interativa criada para o Parque Olímpico 2016, dança conforme a música!Uma balada onde o público pode interagir com o prédio, essa foi umas das divers&ot(...)

  • 05 de julho de 2016
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, tem cobertura metálica móvel

    Edifício tem estrutura dinâmica que se movimenta automaticamente durante o dia para buscar a luz do sol e produzir energia.Concebido pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, o Museu do(...)

  • 06 de junho de 2016
    Eventos e Oportunidades
    Por: Instituto IDD

    Compagas PR anuncia concurso com vagas para nível médio e superior

    A Companhia Paranaense de Gás (Compagas) divulgou no último dia 25 o edital de concurso público que visa contratar profissionais de nível médio e superior.Há (...)

Deixe seu comentário
  1. Seja o primeiro a comentar.
IDD NEWS
19 de abril de 2017
Eventos e Oportunidades
Por: Instituto IDD

5 motivos para nunca parar de estudar sobre construção

Um estudo constante é o que vai te diferenciar frente a todo o mercado da construção. Saiba o por quê. Primeiro: é de conhecimento geral que a quantidade de normas técnicas brasileiras (NBR) da(...)

13 de abril de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Tudo sobre industrialização e pré-fabricação na construção civil - Parte III (Final)

Vem saber tudo sobre o assunto com a terceira parte do conteúdo do Professor e Engenheiro Marcus Sterzi, para o IDD News.Ao longo dos próximos meses estarei apresentando assuntos relacio(...)

12 de abril de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Sistema de protensão: Todos os fatos que você precisa saber

Conheça os princípios básicos do sistema de protensão e domine o campo das estruturas protendidas! “Esforços compressivos induzidos pelas cordoalhas de a&(...)

06 de abril de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Por que amamos as vantagens do concreto permeável (e você também deveria)

Ganhando uma abrangência maior, o material também ganhou novas possibilidades de atuação. O concreto permeável já não é um produto novo do m(...)

05 de abril de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Como explicar Retração do Concreto para sua mãe!

Sua visão sobre retração plástica nunca mais será a mesma depois dessa explicação.Para quem trabalha na área de patologia, ou ainda quer atuar, (...)

30 de março de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

5 motivos para planejar obras com o BIM

Se você ainda tem algum pré-conceito contra a nova tecnologia, é melhor dar uma olhada nisso.Um planejamento de obra tem como seu principal elemento o orçamento ligado ao pr(...)